Pontos Turísticos

A cidade oferece diversos tipos de atrativos turísticos como igrejas, museus, passeios nas ilhas oceânicas (que são points de mergulho) e rios. Em dias de feriado e alta temporada, o município é tomado por uma multidão de banhistas. Além disso, é comum que nessas épocas o Governo Municipal promova eventos, como shows, esportes, aulas de dança e de ginástica.

Nova Orla
Nova Orla

Moradores de Itanhaém já desfrutam da Nova Orla do Centro para fazer exercícios físicos, caminhadas e praticar esportes. Neste verão, o calor atrai as pessoas para a praia e as obras realizadas proporcionaram uma boa opção. O local conta com novo calçamento, ciclovia, sistema de iluminação e paisagismo.

Passeios de Barco
Passeios de Barco

Conhecida como Amazônia Paulista, devido o encontro das águas do Rio Preto, que tem como característica a cor escura de suas águas, com o Rio Branco, que possui águas cristalinas, que formam o Rio Itanhaém.
A Cidade possui a segunda maior bacia hidrográfica do Estado de São Paulo, com mais de 2 mil Km de extensão, sendo que destes, 180 são navegáveis. O mesmo fenômeno que ocorre entre os rios Negro e Solimões, na Amazônia, no Norte do país, acontece aqui, contudo, elas não se misturam. Estes rios atraem visitantes de todo o Estado, que buscam um turismo alternativo, visto que oferece grande variedade de peixes, além de diversidade na fauna e flora.

Os barcos, normalmente em fins de semana, feriados, e temporada, saem à passeio, às 9:30h e às 15:h

Ilha das Cabras
Ilha das Cabras
Prolongamento continental situado entre a Praia dos Pescadores e Praia dos Sonhos, formado por rochas em toda a sua volta, com vegetação no topo do morro que media entre topo e sopé, vegetação formada por flora natural da região, adaptada ao crescimento entre rochas. Pequena ilha, cujo acesso é possível quando das marés baixas, onde se nota o prolongamento continental. Quando das altas marés, o acesso tem que ser feito através das águas do mar, a pé, observando o horário de pico, quando se torna impossível a passagem devido a impetuosidade das ondas.

Trata-se de um local calmo e maravilhoso, e muito procurado pelos turistas para pescarias e fotografias da ilha para o continente.

Pier do Pescador
Pier do Pescador

Localizada entre as praias do Sonho e Cibratel, atrás do costão rochoso do Morro do Paranambuco, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes onde fica a imagem da Santa foi construída na década de 60 com um material parecido com fibra de vidro.

No local há também a imagem da freira Bernadete de Soubirous que, em 11 de fevereiro de 1858, mais ou menos na época de sua primeira comunhão, recebeu sua primeira visão da Virgem.
Desde que foi inaugurada, no dia 11 de cada mês é realizada uma missa campal e em 11 de fevereiro, quando comemorado o aniversário de Nossa Senhora de Lourdes é realizada uma grande missa em sua homenagem.

Mulheres de Areia
Mulheres de Areia

Itanhaém já foi cenário de uma das novelas de maior sucesso da história da televisão brasileira: “Mulheres de Areia”, com a participação principal dos renomados artistas “Eva Vilma, e Carlos Zara”.
O nome da novela é originário das esculturas de areia da praia esculpidas por um dos personagens centrais da história, o “Tonho da Lua”.

Após a novela, para marcar as gravações externas, Serafim Gonzalez esculpiu uma estátua em pedra na Praia dos Pescadores, em frente à Ilha das Cabras. Mais tarde, a escultura foi substituída por outra de fibra, dessa vez esculpida pelo filho do autor original, Daniel Gonzalez. Atualmente, o local é um dos mais visitados por turistas.

Trilha do Morro do Sapucaitava
Trilha do Morro do Sapucaitava

Localizado próximo ao Iate Clube, no bairro Praia do Sonho, é um dos principais locais escolhidos para realização de trilhas ecológicas. No local, encontra-se vasta quantidade e diversidade da flora da Mata Atlântica sob direta influência marítima, além de uma fauna também bastante rica.

Por ser uma área de fácil acesso e quase isenta de riscos naturais, as visitas ao local são apropriadas às crianças. No alto do morro foi construído um mirante rústico, para apreciação das praias formadoras do conjunto litorâneo itanhaense, que recebe o nome de Pedra do Espia.

Feira de Artesanato
Feira de Artesanato

A feira de artesanato de Itanhaém já se tornou um local de passeio célebre, na cidade e na região. Atualmente está localizada na rua que dá acesso à antiga estação de trem.

Conta com 46 boxes de 1,80 X 1,00 metros onde são confeccionados e vendidos diversos tipos de bijuterias e artesanato. Barracas de doces, bolos, quentão e vinho quente (no inverno), favo holandês e outros petiscos para quem quiser dar uma “beliscada”, além da famosa fábrica e loja de doces de banana, fundadas há mais de 80 anos, nesse local.

Ilha Queimada Grande
Ilha Queimada Grande

Está localizada a 36 km da costa continental de Itanhaém, podendo ser vista das praias, e abriga um dos maiores celeiros das terríveis cobras conhecidas como “jararaca ilhoa”, que possuem um veneno muito poderoso, podendo levar a óbito uma pessoa em até seis horas.
A densidade de ocupação dessas cobras, é de 1 um metro quadrado para cada cobra e no centro da ilha, onde a vegetação é mais densa, tem em média, cinco cobras por metro quadrado. Elas, normalmente, se alimentam de pássaros, pois elas sobem com uma incrível facilidade nas árvores, sendo que essa espécie de cobra não existe em nenhum lugar do mundo, somente nessa ilha.
É proibido descer na ilha, podendo ser vista a aproximadamente 1 km de distância e somente pessoas, com prévia autorização, acompanhadas de biólogos do Instituto Butantã, que frequentemente vão ao local, normalmente, com roupas especiais de proteção contra mordida de cobra, para extrair o veneno e fabricar o soro antiofídico. Alguns pesquisadores falam que os navegantes ao entrar na ilha, colocavam fogo na mata para afugentar as cobras mais próximas, e daí o nome de “Queimada Grande”.
Existem passeios de barco, que partem de um local conhecido como “Baixio” em Itanhaém, que leva o turista para pescaria, mergulhos, pesca submarina e fotos da ilha e do continente, onde podemos, às vezes, avistar, frequentemente, golfinhos nadando na região.

Ilha Queimada Pequena
Ilha Queimada Pequena

Essa ilha dista 22 km da costa continental de Itanhaém, contendo uma laje rochosa, anexa à ilha, cujo local é bom para pescaria e próximo da laje apresenta uma ótima condição para, mergulhos, pesca submarina e fotos da ilha e do continente, onde podemos avistar, frequentemente, golfinhos nadando na região.

Vários passeios de barcos partem de um local chamado “baixio” em Itanhaém, que levam o turista ao passeio em referência.